31 de agosto de 2010

Flor de Canela - a exposição


E para quem não pôde ir e está doido de curiosidade, no meu álbum do Picasaweb algumas fotos tiradas na correria, logo após a montagem.
O cheiro da canela fica por conta da imaginação de cada um.


Cigana quem temperou,
Morena quem temperou
A cor de canela

Cravo e Canela - Milton Nascimento e Ronaldo Bastos


Posted by Picasa

Detalhes tão pequenos de nós dois

Para mim, detalhes não são apenas detalhes, nem tão pouco são pequenos.
Aqui, mais um Spring de bolinhas, agora numa versão mais "adulta". No primeiro, deste post, contas de lacinho, borboletinhas e botões, já que será o presente de uma bebezinha recém chegada. Neste, somente contas perolizadas da cor das bolinhas do papel.
O papel? Diamond Papers

26 de agosto de 2010

Inspira e expande - Escultura em papel e vitrine



De repente, me deu uma vontade louca de expandir.


Loja Shopping Morumbi - São Paulo


Loja Shopping Ibirapuera - São Paulo
Foto cedida pela loja


E a loja Armazém Ervadoce foi a válvula propulsora para a execução dessa inspiração que me povoava o galpão das idéias há um tempo.
As flores de escultura em papel estão espalhadas nas lojas dos Shoppings Ibirapuera, Morumbi, Paulista, ABC, Anália Franco, Vila Olímpia, Jardim Sul, Center Norte, e na loja Avenida Paulista.
Nem preciso dizer que amei, não é mesmo?
Tanto que outros trabalhos vem vindo por aqui.







19 de agosto de 2010

Era um Spring de bolinha marronzinha...


Não consigo olhar para ele sem lembrar do roquinho pré Jovem Guarda, que fez tanto sucesso na voz do pioneiro Ronnie Cord e da Celly Campelo, que até quem não é daquela época conhece.


7 de agosto de 2010

Por causa de outro jardineiro

Pro Edson



Trabalhar com um tema é para mim um exercício para os sentidos.
O momento de esperar que a idéia surja, é de uma certa ansiedade.
E o prazo, vou dar conta? Começo por onde? Rabisco? O que?
Jogo meu anzol pro céu, como fez o Gil para pescar o sol, na tentativa de pescar a tal idéia.
De repente, alguma coisa chama minha atenção: uma cor, uma palavra, uma música, uma imagem flutua dentro da minha cabeça, e como que olhando para dentro, eu a vejo!
Yesssssssssssss!!!
Tenho que aproveitar o material que tenho!
Gosto daquela peça!
E aquelas cores, já que o meu momento está propício para elas!
Flor de Canela não é uma exposição de origami.
Flor de Canela é uma exposição com origami.
Para dentro de uma biblioteca, levei um jardim suspenso de flores kusudâmicas, com cheiro e cores que associei, combinei com canela.
Um exercício e tanto! Um aprendizado rico, enorme, variado.
Um passeio.
E no final, mais um jardim.
Numa biblioteca, no segundo andar de um prédio de uma região central de São Paulo.
O negócio é continuar plantando, não é mesmo Edson?
Obrigada por liberar um canteiriinho no seu jardim para esta minha florada.

Grande beijo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails